4º domingo da Quaresma 2018

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Gramática da Quaresma

Libertação

A partir da vida…   

Todos os dias deparamo-nos com situações difíceis e escolhas a fazer. Algumas situações são mais penosas de viver, e em outras encontramos dificuldades para decidir o rumo a seguir.

Podemos encontrar-nos diante de obstáculos que não dependem de nós e que não conseguimos remover. Podemos sentir-nos escravos da opinião e julgamentos dos outros. Às vezes, sentimo-nos obrigados a atender às expectativas dos outros, mesmo que isso não nos deixa felizes.

Existem também os medos reais ou imaginários. Eles nos bloqueiam e impedem de caminhar.

Todos nós queremos ser libertados do que nos torna escravos, mas, às vezes, não o queremos realmente, porque sabemos que a liberdade implica necessariamente um compromisso.

 

 Escutando a Palavra…   

Toda a história de Israel é uma história de libertação: Deus arranca o seu povo da escravidão no Egito para viver uma relação de amor com ele. Deus nos liberta para ajudar-nos a caminhar em direção a uma terra onde podemos ser plenamente felizes.

A libertação é um êxodo de nós mesmos, um caminho para sair de nossas situações de pecado.

O desejo de Jesus é um desejo de libertação de cada ser humano: a libertação de nossas enfermidades, de nossos medos, e de nossa incapacidade de ver o que é realmente bom para nós. É um caminho de verdade que nos leva a olhar com misericórdia dentro de nosso coração.

 

 Na Bíblia, onde encontrar a palavra liberdade?   

 – Isaías 61,1:

O Senhor me enviou
para anunciar a libertação aos escravos.

– 2 Coríntios 3,17:

O Senhor é o Espírito
e onde o Espírito do Senhor está presente,
aí existe liberdade.

 

 Perguntas para meditar

Do que gostaria que, hoje, Deus o libertasse?
• Qual é o caminho de libertação que Deus está lhe propondo neste exato momento de sua vida?

Gaetano Piccolo SJ.


Allegati