3º Domingo da Quaresma 2018

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Gramática da Quaresma

Palavra

 Partindo da vida…   

Existe uma estreita relação entre nosso modo de comunicar e nosso modo de amar: alguns escolhem o silêncio, outros usam tons violentos, outros ainda escolhem as palavras com cuidado.

Se prestarmos atenção ao nosso modo de comunicar nas relações mais significativas de nossa vida, damo-nos conta do modo como estamos amando naquela relação.

As palavras podem ser pontes que lançamos para aproximar-nos dos outros ou podem ser muros que levantamos para criar distância. Quando falamos, sempre comunicamos algo de nós mesmos, nos entregamos aos outros, nos revelamos ou nos escondemos.

 

 Escutando a Palavra…   

Deus escolheu comunicar-se através de palavras humanas. Deus cria com palavras: Deus disse… No livro do Êxodo, ele dá a Israel dez palavras que podem guiar a vida e a história de cada ser humano.

A palavra chega ao ponto de tomar carne no Filho de Deus: Jesus não é somente aquele que tem palavras de vida eterna, mas Ele é a Palavra pronunciada por Deus, uma vez para sempre.

Se Deus fala, o ser humano é chamado a permanecer sempre na escuta. Não por acaso a Palavra se encarna em Maria, aquela que jamais deixou de escutar a Palavra de Deus.

 

 Na Bíblia, onde encontrar o termo palavra?   

 – Provérbios 23,19:

Escuta meu filho.
Seja sábio e pense seriamente
na sua maneira de viver.

Mateus 7,26:

Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu sua casa na areia.

 

 Perguntas para meditar

Em geral, como usas as palavras?
• Quanto espaço dedicas à escuta da Palavra de Deus?

Gaetano Piccolo SJ.

Allegati