Uma janela sobre a comunicação

Da “multidão na solidão” às tecnologias de comunidade

Geralmente pensamos a mídia, sobretudo a mídia digital e social, na perspectiva do enfraquecimento das relações. Há alguns anos, um bonito livro de André Caron e Letizia Caronia fazia notar que se estamos num jantar em dois e cada um fica no seu próprio celular, na verdade estamos jantando em quatro. Os dispositivos digitais são… Ler mais »

Redes sociais e as relações humanas

Do “curtir” à “adesão”. A Mensagem para o 53º Dia Mundial das Comunicações é um choque que nos convida abandonar a lógica da satisfação e acolher a lógica da verdade, pois a base do relacionamento não é a satisfação emocional ou ideal, mas a verdade da pessoa. “Somos membros uns dos outros” (Ef 4,25). Das… Ler mais »

É verdade que o “homem digital” é pouco atento ao espírito?

Internet não é como uma rede de água ou de gás. Não é um conjunto de cabos, fios, tablets, celulares e computadores. É um erro identificar a realidade e a experiência da Internet com a infraestrutura tecnológica que a torna possível. A Rede hoje é – sobretudo mobilidade – um contexto existencial no qual se… Ler mais »

Virtual e real: mudança antropológica?

As conquistas tecnológicas da rede e da bioeletrônica estão produzindo mudanças sociais e econômicas de nível epocal. A tecnologia imprime novo impulso à evolução da cultura, com mudanças que investem também a concepção da pessoa humana. A cultura tecnológica tende a reduzir o ser humano a uma corporeidade mecânica ou à imaterialidade comunicativa, comprimindo sua… Ler mais »

A linguagem do ódio envenena a rede

Os usuários da rede se expressam com uma linguagem agressiva, que está se tornando um estilo comunicativo de nossa sociedade: amplificado na rede, é logo aceito de forma passiva, ou considerado “normal” por metade dos usuários, segundo uma pesquisa da SWG. A rede reproduz com maior frequência as “zonas francas” como numa torcida no estádio, onde… Ler mais »

52º Dia mundial das comunicações sociais: Tornar-se terra e país

Quando criança, tal­vez todos nós, como diz um texto de La Luna e i falò (A lua e a fogueira) de Cesare Pavese, poeta italiano e escritor, nós fe­chamos os olhos para ver, se ao reabri-los, a colina teria desaparecido, fazendo-nos entre­ver um país melhor. Com o desejo de ir mais longe, a cultura digital… Ler mais »

Rumo ao Sínodo dos Jovens: #semfiltros

Fale com coragem. Sem vergonha, não. Aqui a vergonha é deixada atrás da porta. Fale com coragem o que sente. E se alguém se sentir ofendido, peça-lhe perdão e vá em frente. Vocês sabem falar assim! Mas devemos escutar com humildade. Se alguém fala sobre o que eu não gosto, eu devo ouvi-lo mais ainda, porque… Ler mais »