ITÁLIA
Início do processo diocesano para a canonização da Anunciatina Antonietta Guadalupi

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um dia especial para as Anunciatinas e toda a Família Paulina foi o 8 de janeiro de 2020, quando foi iniciado o processo diocesano de canonização de Antonietta Guadalupi (1947-2001), Anunciatina, que por muito anos trabalhou no Instituto nacional dos tumores, de Milão.

Uma mulher vivaz e criativa, capaz de dar vida a uma das primeiras estruturas de acolhida de qualidade aos doentes, verdadeira novidade nos anos 80 na Itália, quando ainda não existiam realidades capazes de semelhante e fundamental ajuda.  Antonietta era capaz de se comunicar de modo interpessonal, a ponto de favorecer uma verdadeira comunhão com as muitas pessoas com as quais se encontrava. São justamente essas pessoas que testemunham sua fama de santidade, o bem recebido e as graças recebidas como dom do Senhor…

A abertura do processo diocesano, na catedral de Brindisi, foi presidida por dom Domenico Caliandro, Arcebispo de Brindisi-Ostuni, com a participação de numerosos fiéis e muitos membros da Família Paulina.

Agradecemos a Trindade pelo dom de Antonietta e a forma como ela interpretou o carisma paulino nos passos de Tiago Alberione, ele que, consagrou sua vida por Deus e pelos homens do novo século.